Dia das Mães

Olha eu aqui de novo, mãe. Só que agora é Dia das Mães no Brasil. Vai mais uma poesia?

Hoje quem me ajuda é Vavá e a mãe dele. Quer ver só?

É assim, no site Recanto das Letras, Vavá publicou sua cartinha, e a mãe dele viu e respondeu.

Vou por aqui a cartinha do Vavá e a resposta da mãe dele. A senhora vai gostar, aposto.

______________________________________________________________________________________________

eu-e-veinha

A bichinha é tão teimosa que pra tirar foto tem que ser na "traição", e ainda sai tremida.

CARTA A UMA MÃE DISTANTE

Mãe,

tenho sentido que esse mundo
não foi feito pra mim
tudo ainda é um mistério profundo
um enigma sem fim

dizem por aí que somos racionais
e sempre donos da verdade
inventam mil coisas e naves espaciais
e não cultivam mais o amor e a amizade

tenho medo até de mim mesmo
meus próprios pensamentos me traem
fazendo minha consciência ficar á esmo
o bem e a paz os dias me subtraem

quase ninguém houve samba ou bossa
curte a natureza e os bichos
e sim houvem funk que é uma bosta
e sujam a cidade com ideologias e lixos

Mãe,

Será que posso voltar a ser criança?
Preocupar em ver sessão da tarde?
Roubar manga dos quintais da vizinhança?
Chorar á toa com o corte do dedo que arde?

Ser mais bonzinho pelo presente de natal?
Me assustar com o Sací, mula-sem-cabeça e o Caipóra?
Matar aula fingindo passar mal?
Bater bola com a molecada lá fora?

Mãe,

Será que você poderia cantar mais uma vez uma cantiga de ninar?
Estou cansado de tanto brincar de ser gente grande de verdade

Vavá

Publicado em 08/09/2008

__________
RESPOSTA DA MÃE DO VAVÁ


Meu filhote querido…

No meu coração sempre será criança, a mais linda que já vi.

Será também motivo do meu orgulho por ser um lindo homem, sensível, bom e sempre à procura da evolução.

Mas não se perca, pois mesmo longe meu colo está a seu alcance, mesmo sem falar muito (pois não sou poeta como você) estou aqui para soprar os machucados da vida e não deixar que você tire as casquinhas para sangrar de novo.

Te amo muito.

Kleid’Néa

Pulicado em 13/09/2008

__________

Fonte: Recanto das Letras

Anúncios

Dia da Mãe

Dia da Mãe em Portugal!

Mãe, o Narcélio vai me ajudar a dizer umas palavrinhas.

______________________________________________________________________________________________

estrelasA UMA ESTRELA

Mãe

Peço que hoje, ao anoitecer,

A senhora vá para o quintal

E procure a estrela mais brilhante que há no céu.

Depois

Entre em casa

Posicione-se em frente ao espelho

E procure a estrela mais bonita que há na terra.

Narcélio Lima

fonte: Mundo Jovem

Dia do Pai

Hoje, em Portugal e Espanha, é Dia dos Pais. Ou melhor, como se diz aqui, Dia do Pai.

Não tenho nada a dizer sobre a data, só sobre o pai. Peço ajuda a Mário Quintana para esta tarefa.

maospapi1

__________

AS MÃOS DO MEU PAI

As tuas mãos tem grossas veias como cordas azuis

sobre um fundo de manchas já cor de terra

– como são belas as tuas mãos –

pelo quanto lidaram, acariciaram ou fremiram

na nobre cólera dos justos…

Porque há nas tuas mãos, meu velho pai,

essa beleza que se chama simplesmente vida.

E, ao entardecer, quando elas repousam

nos braços da tua cadeira predileta,

uma luz parece vir de dentro delas…

Virá dessa chama que pouco a pouco, longamente,

vieste alimentando na terrível solidão do mundo,

como quem junta uns gravetos e tenta acendê-los contra o vento?

Ah! como os fizeste arder, fulgir,

com o milagre das tuas mãos!

E é, ainda, a vida

que transfigura as tuas mãos nodosas…

essa chama de vida – que transcende a própria vida…

e que os Anjos, um dia, chamarão de alma…

__________

Esconderijos do Tempo (1980)