Salada de Pimentões e Anchovas

Verão é época de comer saladas. Estou aqui em pleno verão portuga e pensei que uma saladinha cairia bem para o calorzinho que anda fazendo. Para falar a verdade não anda fazendo tanto calor assim! Desde que estou aqui foi o verão menos quente que passei por terras de Florbela Espanca, e consequentemente o melhor! Porque calor de 40ºC e secura total é horrível! Que saudades de uma chuvinha de verão. Aliás, até teve chuva de verão este ano! Mas estava gelada! Encerrando a seção “reclamações inconseqüentes de imigrante rebelde”, vamos à receita.

Não é receita tuguesa não! É da Tierruca! Mas dá para fazer por cá e também no Brasil, já que os ingredientes existem tanto de um lado como do outro do oceano.

Para quem não sabe, Cantábria é uma terra muito boa de pesca. Desde o tempo em que os animais falavam, esta região espanhola sempre esteve voltada para o mar irremediavelmente, graças a sua geografia. Alguns dos melhores navegadores daquela época em que espanhóis e portugueses foram rumo à América eram cantábricos. Lembram das três naus com as quais Colombo chegou à América? A Pita, Niña e Santa María? A Santa María na verdade era propriedade de Juan de la Cosa, um navegador e cartógrafo cantábrico nascido em Santoña. Juan de la Cosa foi responsável pela elaboração do primeiro Mapa Mundi, em 1500, onde apareciam as então novas terras descobertas com as viagens de Colombo (inclui-se aí uma boa porção do que hoje é o Brasil, visto que os espanhóis chegaram até a foz do atual Rio São Francisco antes de Cabral).

Mas vamos deixar esta parte de lado já que vamos falar de receita hoje. Como eu disse, Cantábria é uma terra boa de pesca, melhor seria dizer, tem um litoral rico para a pesca. E um dos principais produtos destas águas são as Anchovas (Engraulis encrasicolus). Coloco o nome científico para que saibam qual o peixe chamado de Anchova aqui, já que existem outros peixes que são vendidos como anchovas em conserva mas não são o mesmo peixe. Aliás, também pode ser chamada de Aliche no Brasil. Encontramos este peixe em conserva, bem salgadinho, mergulhado em azeite ou óleo vegetal, sendo assim que é usado nesta receita.

______________________________________________________________________________________________

SALADA DE PIMENTÕES E ANCHOVAS

Ingredientes:

12 filés de anchovas
1 cebola
azeitonas pretas
2 pimentões vermelhos
vinagre de vinho branco
1 colher (sopa) de azeite de oliva
sal à gosto

__________

Modo de Preparo:

Antes de mais nada, deve-se assar os pimentões. Há várias maneiras de se fazer isto. Pode-se colocá-los sobre a chama do fogão cobertos com sal e deixar queimando sua pele levemente, virando-os, até que fiquem pretas. Depois tira-se esta pele e tem-se o pimentão totalmente sem pele e pronto para usar. Outra forma, que faz menos sujeira, é colocá-los no forno embrulhados em papel alumínio (a parte brilhante para dentro). Deixe uns 20 minutos no forno quente e retire. A pele do pimentão deve ser removida com ele ainda um pouco quente, caso contrário ela não sai facilmente.

Passado este primeiro passo, corte o pimentão sem a pele em tiras, coloque em uma travessa e tempere com sal e azeite. Corte a cebola em tirinhas bem fininhas e reserve. Sobre as tirinhas de pimentão coloque os filés de anchovas e as tiras de cebola de forma harmoniosa. Tire os caroços das azeitonas e corte-as em rodelas fininhas e coloque-as sobre a travessa onde está montando a salada.

Com o azeite, sal e vinagre prepare um molho mexendo muito bem para que misture os ingredientes o melhor possível. Regue a salada com este molho e sirva a seguir.

______________________________________________________________________________________________

Muito cuidado com o sal, pois as anchovas já vem com bastante sal, é aconselhável provar antes de colocar o molho para não exagerar.

Se quiser acrescentar alface, aspargos, tomates, nesta salada, tudo bem, a salada é sua!