Quebra-cabeças dos tempos modernos

Quando era criança, quebra-cabeça ou puzzle era um jogo em que montávamos uma imagem juntando diversas pecinhas que se encaixavam. Podiam ser fáceis, com o desenho em uma base para seguirmos, ou mais complicados, daqueles com milhares de peças (meu grande sonho de consumo na época).

O tempo passou, não sou mais criança, o quebra-cabeça com mais peças que tive foi um de apenas algumas centenas. Mas sobrevivi sem conseguir o meu sonho de ter um de mil ou duas mil peças.

grow-ver-1

Grow ver.1

Agora, a coisa é um pouco diferente! Os quebra-cabeças são virtuais, eletrônicos, pode-se jogar no computador, ou no próprio navegador ou a partir de um programa que se instale. Há os que ainda temos que juntar pecinhas até formar a imagem. Mas também há os que temos que unir objetos até atingir o nível máximo.

Este último tipo de puzzle (quebra-cabeça) descobri ao conhecer os joguinhos da Grow Series. Abri um, comecei a “inserir” os paineizinhos no jogo para ver no que dava. De certa forma a lógica continua a mesma, tem-se que encaixar as peças para completar o jogo. Mas há uma ordem, ou mais de uma, que ganha-se. Nas demais até termina-se, mas não se vence o jogo. Só que mesmo não vencendo, pode-se ver o jogo avançar de diferentes formas, o que o torna divertido mesmo sem ganhar.

Eu chamaria estes jogos de esquisitos, estranhos, doidinhos e viciantes.

Anúncios

Jogos de Point and Click

covert front

Covert Front

Além dos jogos de fuga que encontrei pela net, também encontrei diversão nos jogos de Point and Click. Nestes vai-se clicando na tela que aparece até completar uma tarefa, e conseguir avançar para outra tela. Tem um super simples que é encantador (fora que a trilha sonora também é 10). Pra quem nunca jogou um destes é o ideal pra começar: Quest for the rest. Porém, pra quem quiser maiores desafios, sugiro o Old Castle (são 3 jogos). Demorei uns três dias pra terminar o primeiro mesmo lendo o detonado. O melhor que joguei até agora. O detonado indispensável pra jogá-lo está aqui. Outro bom desta categoria é o Covert Front (são dois jogos), bem mais fácil que o anterior. Sugiro também a série de jogos Arcane Games Season 1 e 2. O ruim deste é que morri direto. Mas os episódios que consegui terminar (não foram todos) me deram vontade de continuar a jogar os outros. Neste link tem acesso aos episódios todos (cuidado, não estão em ordem).

wogger

Wogger

O point and click no qual ando no momento é o Wogger-mini. Quantos levels tem este joguinho? Não faço idéia. Nunca tive a curiosidade de ver no site qual o último chapter (level). Na verdade o Wogger é um conjunto de mini jogos – por isto Wogger-mini -, já que cada level é independente e pode ser acessado mesmo que não se tenha jogado os levels anteriores. Estou adorando a família Wogger! Demorei a descobrir que Tipiti era ela e não ele. Só fui perceber quando o filhote apareceu pela primeira vez. Oh lerdeza!

Mas além do Wogger-mini que ando jogando, há outro Wogger, com 10 levels (a cada level completado recebe-se uma password para o próximo, assim não precisa jogar tudo de uma vez, e pode-se pular os levels já completados). E tem também o Wogger-inside, que ainda não joguei, com 3 levels.

Onde encontro estes jogos de Point and Click e muitos mais? Aqui. E aqui está a lista dos detonados do mesmo rico site.

Jogos de Fuga

sub lighthouse

Submachine 2: The Lighthouse

Bem… como ando de férias resolvi jogar joguinhos, pois há tempos não tirava um dia inteiro só pra jogar.

Então, navegando por aqui e por ali, descobri uns joguinhos que são classificados como jogos de fuga. Neles deve-se tentar escapar de algum lugar, encontrando chaves ou objetos que permitam a fuga. Deixo aqui o link direto de alguns que joguei e amei e do site onde tem, digamos, uma espécie de passo-a-passo dos jogos (detonados).

Dos jogos de fuga, tem uma série chamada Submachine. Bem legal. Neste link tem o acesso a todos os jogos Submachine (e lá no final deste post tem onde achar os detonados).

Alguns que joguei tem gráficos bonitinhos como os: The Shochu Bar, Dumplings Shop, Escape from the Dr Ichie’s Cafe, e do Dr Ichie tem também “Dr Ichie’s Room”. Pra quem gosta de música sugiro Concertalino.

Onde está a lista completa dos jogos de fuga disponíveis no site? Aqui. E aqui está a lista dos detonados do mesmo site.

MyMiniCity

itaobyMyMiniCity é um joguinho muito estranho que nem sei mais onde descobri. Está disponível em espanhol, inglês e francês.

Nele, “inaugura-se” uma cidade e, todo dia entra-se para aumentar a população. Cada dia aumenta em 1 mísero habitante a população, se só o dono da cidade acessar. Cada pessoa extra que acessar o jogo em um determinado dia, aumenta em 1 habitante a população. E somente 1.

Depois de algum tempo é possível fazer algumas melhorias na cidade, como incrementar a indústria, comércio, transportes, segurança e meio ambiente. Comecei uma cidadezinha há meses, e a infeliz ainda só tem alguns poucos habitantes e uma indústria incipiente.

Minha pequena Ita-oby, por enquanto, só pode receber novos habitantes e novas indústrias. Espero que até poder fazer algo mais não desista de minha pequena e acolhedora cidade que teima em não crescer.