Lenda da Noite de São Silvestre


São Silvestre

São Silvestre

Todo mundo já ouviu falar de São Silvestre, pode até não saber quem é o santo mas já ouviu ao menos falar da Corrida Internacional de São Silvestre que acontece todo dia 31 de dezembro pelas ruas de São Paulo, sendo a mais famosa do Brasil.

Agora, o santo existiu sim! Ele foi o Papa Silvestre I, entre 31 de janeiro de 314 a 31 de dezembro de 335. Foi em seu papado, durante o reinado do Imperador Constantino I que teve início a Paz na Igreja, ou seja, o fim da perseguição aos cristãos na época do Império Romano.

Mas além do santo histórico, com existência concreta e fatos na medida do possível comprováveis, também existe o santo das lendas, das histórias ficcionadas para explicar fatos inexplicáveis. Existe uma lenda, originária da Madeira, que tem como uma das figuras centrais São Silvestre. É uma forma de explicar a origem dos fogos de artifício nas festas da virada do ano. Confira a versão abaixo.

______________________________________________________________________________________________

NOITE DE SÃO SILVESTRE

Há muito tempo atrás, muito tempo mesmo, existia uma ilha no Oceano Atlântico. Esta ilha era chamada de Atlântida, e o povo que nela vivia era a civilização mais avançada em seu tempo. Alguns dizem mesmo que era a mais avançada que já existiu! Mas este povo avançado tornou-se muito arrogante, achando que podia conquistar o mundo inteiro. A ousadia era tanta que o rei desta civilização atraveu-se a desafiar os céus. Os deuses avisaram-no que ele nada podia diante do poder deles. O rei não se abalou com o aviso, seguindo até a Grécia e atacando Atenas. Durante a batalha, o rei foi novamente avisado pelos deuses que nada podia diante do poder deles, e que a vitória seria de Atenas. E assim foi, além de perder a guerra o rei foi castigado duramente, pois terríveis tempestades, terremotos e maremotos destruíram por completo Atlântida. Séculos e mais séculos se passaram sem que alguém pudesse localizar o local onde um dia existira Atlantida.

7.18-Fogo-Fim-do-Ano_gr

Fogos de Artifício na virada do ano, Funchal, Madeira.

Um dia, a Virgem Maria estava debruçada nos céus, sobre o oceano, sentada em uma nuvem. São Silvestre aproximou-se para falar com ela. Era a última noite do ano e São Silvestre achava que deveria ser uma noite especial, com um significado diferente para os homens, marcando uma fronteira entre passado e futuro, um momento propício para o arrependimento do que fizeram de errado e de esperança por um futuro melhor. Ao ouvir o que pensava São Silvestre, A Virgem Maria achou a idéia muito boa. Foi então que revelou a ele o que fazia ali sentada observando o oceano, com certa tristeza. Estava lembrando da bela Atlântida, que fora destruída pelos erros e pecados de seus habitantes. Conforme falava de Atlântida, a Virgem Maria deixou cair lágrimas de profunda tristeza e misericórdia. É que apesar do castigo ao povo da Atlântida a humanidade não havia aprendido a lição, e continuava cometendo os mesmos erros. São Silvestre estava comovido com as palavras e a tristeza da Virgem Maria. Observando-a percebeu que suas lágrimas não eram simples lágrimas, eram na verdade pérolas que caíam dos olhos da Virgem. Um destas pérolas-lágrimas, caiu exatamente no local onde antes, no vasto oceano, existiu a Atlântida. Esta pérola acabou por dar origem à Ilha da Madeira, que é conhecida como Pérola do Atlântico.

Dizem os mais velhos que por muito tempo, nas noites de fim de ano, ao dar a meia noite, surgia nos céus um verdadeiro espetáculo de luzes e cores fantásticas, que perfumavam o ar com um aroma estonteante. O tempo foi passando, e estas luzes e cores deixaram de aparecer. Mas os homens, para recordar este fenômeno passaram a usar os fogos de artifício para celebrar a Noite de São Silvestre.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s