TRUE BLOOD


E os vampiros estão na moda.

postertrueblood

Essa série me chamou a atenção pela sua temática sobre vampiros, mas não esperava muito, felizmente fui surpreendido. A série é muito boa, digna da HBO.

true_bloodA série produzida por Alan Ball, é uma adaptação da série de livros “Vampiros Sulinos” de Charlaine Harris. Na história os japoneses inventam o sangue sintético (o True Blood que da o nome a série), com isso os vampiros revelam ao mundo que sempre existiram. Imagine se isso realmente acontece-se, as mudanças que isso causaria, em que posição a igreja ficaria, quais seriam as mudanças na política, como reagiriam as pessoas? E é isso que a série responde. No começo é mostrado muito preconceito, afinal, os vampiros devem ou não serem temidos? Essa é outra coisa que gosto muito nessa série, os personagens não são aqueles 100% bonzinhos, é uma balança entre o bem e o mal, como no Yin Yang. Com o caráter questionável, são personagens assim que mais se aproximam da realidade. A história começa quando o vampiro Bill Compton (Stephen Moyer) retorna a sua cidade natal despertando o interesse de uma garçonete telepata Sookie Stackhouse (Anna Paquin) e a desconfiança da população. Claro que a série acaba tendo um romance, mas as histórias paralelas são muito bem construídas e alem disso possui seus momentos cômicos e até mesmo TRASH (dignas de tarantino) em algumas cenas com vampiros.

Site Oficial

Domingo passado dia 14/06, foi à estréia da segunda temporada, e felizmente não mudaram a abertura, uma das melhores aberturas de séries que já vi.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s