Adoro Grelos


Antes de mais nada, olha o respeitinho que sou uma senhora de práticas conservadoras! O grelo aqui é outro! Mente suja!

Grelos de Nabo.

Grelos de Nabo.

Bem, quem sou eu pra falar da mente suja dos outros… Primeira vez na vida que comi grelos eu fui colocando no prato achando que eram brócolis. Até que me anunciam que eram grelos. Eu tentei ser educada e conter o riso, mas não resisti e caí na gargalhada. E fiquei dizendo: ai se meu pai soubesse que ando comendo grelo em Portugal… Comi, gostei e não quero mais parar de comer grelo, viu pai.

Agora vamos explicar aos desavisados que bendito grelo é este. Sabe aquelas folhinhas dos nabos que jogamos fora? Aqui eu já disse em outro post que chamam-se nabiças. Sabia que couves além das folhas também dão flores? Pois é, no Brasil só achamos isto em horta abandonada, pois cortamos o pé de couve antes que chegue ao ponto de dar… grelos. Tanto as nabiças como as couves, dão flores que, antes de abrir, lembram mesmo o brócolis, só que menos concentradas e com maior número de folhas. Pois aqui em Portugal compra-se maços enormes de grelos de nabiças e couves em qualquer lugar. E tanto um quanto o outro são uma delícia, cada um com seu sabor.

Vou deixar hoje duas receitinhas bem básicas, só pra dar água na boca de quem nunca provou um bom grelo.

______________________________________________________________________________________________

GRELOS REFOGADOS

grelorefogadoIngredientes:

1 maço de grelos de nabos ou couves
200 g de bacon cortado em cubinhos pequenos
4 dentes de alho picados
azeite
sal à gosto

__________

Modo de Preparo:

Primeiro cozinhe os grelos em água e sal. Assim que estiverem macios, delisgue o fogo e escorra-os muito bem. Em uma frigideira funda ou panela larga, coloque o bacon e deixe dourar. Acrescente o azeite e doure o alho picado. Por último junte os grelos. Confira o sal e, se necessário, acrescente mais um pouco. Sirva a seguir acompanhando carnes.

______________________________________________________________________________________________

ARROZ DE GRELOS

arrozdegreloIngredientes:

1/2 maço de grelos de nabos ou couves lavado e escorrido
1/2 cebola grande picada em cubos
3 dentes de alho picados ou esmagados
1 xícara (chá) de arroz lavado e escorrido
sal à gosto
pimenta-do-reino à gosto
óleo ou azeite à gosto
2 xícaras (chá) da água

__________

Modo de Preparo:

Em uma panela, refogue a cebola no óleo até que fique bem macia. Junte o alho picado e deixe dourar um pouco. Acrescente os grelos e deixe cozinhar por uns minutinhos mexendo sempre. Cubra os grelos com água. Tempere com sal e pimenta. Quando começar a ferver junte o arroz, mexendo bem para misturar o arroz ao grelo. Verifique o tempero. Deixe cozinhar até que o arroz e o grelo estejam cozidos. Se necessário, para terminar o cozimento, acrescente um pouco mais de água. Sirva a seguir acompanhando carnes.

______________________________________________________________________________________________

Tá difícil achar grelo onde você vive? Experimenta fazer com aqueles brócolis bem feiosos, com mais folha do que botõezinhos que também serve.

About these ads

12 opiniões sobre “Adoro Grelos

  1. Aprendi a gostar de grelo ainda garoto, lá em Minas, através de nossa empregada. Uma morena bonitona, ainda jovem, foi quem me levou a amar de paixão o grelo. Ela morava numa casa com um grande quintal onde plantava tudo quanto era espécie de plantas . Gentilmente, ela sempre levava alguma coisa de sua horta lá pra nossa casa, e entre essas coisas, levava principalmente o grelo de algumas hortaliças.
    Seu grelo, que ela preparava com todo carinho, era uma delícia. E até hoje, passados mais de 50 anos, ainda recordo com muito carinho tanto dela quanto de seu grelo, que ela sabia preparar como ninguém…

  2. Oi, Locacinoca querida: é sério!
    Pela sua resposta (“Caio… Caio…”), sei que meus comentários pareceram dúbios ou maliciosos, mas não foi esta a intenção… rsrsrss…

    Até hoje eu adoro preparar o que lá em Minas também chamamos de grelos, igualmente conhecidos como ‘brotos’ ou ‘cambuquira': Há o grelo da aboboreira e do chuchuzeiro, por exemplo; sendo que o primeiro, ou seja, da aboboreira é o mais saboroso e ótima fonte de ferro, muito bom contra a anemia.

    O grelo da aboboreira eu gosto de refogar com alho e pimenta do reino; e tbm já fiz torta com ele; fica uma delícia. E tbm depois de ligeiramente cozidos e resfriados, dá uma ótima salada.

    Obrigado, querida Locacinoca, por postar estas duas receitas; vou prepará-las no próximo fds…. já tá dando até água na boca….huuuuummm…
    Um forte abraço.
    Caio

  3. Obrigado, Locacinoca, pelo elogio, mesmo que eu não o mereça. Na verdade, não foi uma réplica, mas, digamos, foi a forma que encontrei para me explicar sobre o grelo da, digo, do grelo que a moça preparava… kakakakaaaaaa…
    Nós, você e eu, que adoramos pilotar um fogão e preparar coisas simples, mas saborosas, também temos — você sabe disso e eu percebi pela sua excelente e brilhante postagem das receitas — aquela veia humorística; e, desculpe a sinceridade, mas eu não podia deixar passar batida a chance de dar uma pitadazinha de bom humor picante nos comentários…
    Preparei ontem sua receita; só que, como não encontrei os grelos nem de nabo e nem de couve, e muito menos de aboboreira, eu preparei o “arroz de grelos” com os grelinhos (ou brotinhos) bem novinhos de chuchuzeiro… ficou uma delícia!
    Um forte abraço, querida; e por favor, poste novas receitas iguais a essas… com ou sem grelos!

  4. .
    Olá, Cláudio.
    .
    De fato, a Locinoca possui um finíssimo bom humor e didatismo. Quanto ao grelo, além das vitaminas e sais minerais que possui, é uma fina iguaria se bem preparado. Aliás, preparado da maneira mais simples que existe,
    .
    P. ex., água fervente ou vapor e uma pitadinha de sal são suficientes pra você apreciar estas delícias. Além do nabo e da couve conforme Locinoca explicou, também o grelo da aboboreira, do chuchuzeiro e — PASME-SE — também da BUCHA (Luffa aegyptiaca; Luffa cyllindrica) dá um saboroso grelo.
    .
    Isso mesmo: a bucha; aquela usada principalmente no interior para, depois de seca, ser usada para esfregar o corpo durante o banho! Quando ainda novinha (uns 10 ou 15 cm.), pode ser cortada em rodelas e refogada com temperos: uma gostosura só! E o grelo da bucha, como eu disse, é muito saboroso também.
    .
    Enfim, meu caro Cláudio: todas e quaisquer trepadeiras normalmente possuem excelentes grelos! (Viiixe… Ficou esquisita esta frase; a Locinoca vai me matar…kakakakakaaaa… ).
    .
    Um forte abraço, Claudião; e aprecie SEM moderação os grelos!
    Caio Lima.

  5. Kakakakakakakaaaaa…. Tudo bem, meu amigo Cláudio Machado; tudo bem… Mesmo sendo gay, você vai adorar os grelos das PLANTAS trepadeiras citadas acima… Prepare um belo refogado e depois me diga… kakakaaaaaa… Um forte abraço, extensivo a Locacinoca.

  6. Obrigado, Locacinoca. As coisas boas e mais importantes da vida (além dos grelos, é claro) são as pitadas de bom humor que a gente possa dar quando nos comunicamos; inclusive o bom humor picante (e você também é ‘expert’ nisso… kakakakakaaa).
    Por falar em grelos, estou cultivando em minhas terras (na verdade, um quadradinho de 1 X 2 metros; mas adoro dizer “minhas terras”, é mais chic e os outros pensam que sou fazendeiro) pepinos e maxixe do norte e, quando eles estiverem maiores, vou ver se dá pra colher e fazer um refogado dos eventuais grelos que possam ter. Se der certo, depois eu conto.
    Um forte braço.
    Caio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s