Abricó de Macaco


Flor do Abricó-de-Macaco

Flor do Abricó-de-Macaco

Estava uma vez, caminhando no Largo do Machado, no Rio de Janeiro. Fui visitar uma igreja onde minha mãe ia à missa quando morava no Rio. Comecei a sentir um perfume delicioso, e a primeira coisa que fiz foi procurar qual barraquinha de camelô estava vendendo um incenso tão gostoso (adoro incensos). Olhava para um lado e para outro e nada de achar aquele incenso tão bom. Foi quando me virei para a minha esquerda, quase atrás de mim, estava lá, aquele espetáculo da natureza.

Que incenso que nada! O perfume que eu sentia vinha das flores de uma árvore. Mas o que mais me chamou a atenção nem foi o perfume das flores, mas sim onde elas estavam. As flores que me atraíram pelo odor estavam espalhadas por todo o tronco da árvore, abertas e belas. Cheguei até a perguntar para uma pessoa que estava mesmo ao pé da árvore qual era o nome dela. Mas não soube dizer. Tirei fotos que só Deus sabe onde estão agora, e por muito tempo olhava-as e me perguntava qual seria o nome.

Esta imagem é muito semelhante ao que vi no Largo do Machado. Um tronco forrado de flores.

Esta imagem é muito semelhante ao que vi no Largo do Machado. Um tronco forrado de flores.

Abricó-de-macaco é o nome que aprendi, mas além deste nome, existem inúmeros outros pelos quais a árvore é conhecida, como: Curupita, Cuiarana, Castanha-de-macaco, Cuia-de-macaco, Árvore-de-macaco, Amêndoa-dos-Andes ou Macacarecuia. Dizem que é uma planta venerada por indígenas da Amazônia, sendo cultivada pelo homem há muito tempo. Do homem branco é conhecida desde o século XVII.

Esta árvore é originária da região amazônica, sendo que seu nome científico (Couroupita guianensis) refere-se ao local onde foi estudada pela primeira vez, a Guiana Francesa. Couroupita deriva de kouroupitoumou, o nome popular pelo qual é conhecida na Guiana Francesa. Também pode ser encontrada em zonas exteriores à floresta amazônica, como na Costa Rica, Panamá, Colômbia e Venezuela. Seu habitat natural são terrenos inundáveis e margens de igapós e rios. Mas em terrenos mais secos também desenvolve-se bem, no sul do Brasil.

Tem uma altura que pode atingir até 30 metros no habitat natural, fora dele varia de 8 a 15 metros, com um tronco de 30 a 60 cm de diâmetro. A copa da árvore é bem densa e longa, mas estreita. Muda de folhas, no habitat natural, até quatro vezes ao ano. Mas, conforme as folhas caem, novas folhas voltam a nascer e cobrem rapidamente a copa, levando apenas 4 dias do surgimento da folha até que esta atinja o tamanho normal.

Frutos do Abricó

Frutos do Abricó-de-Macaco

As flores, o espetáculo que me atraiu com o perfume, encontram-se espalhadas por todo o tronco, e podem ser vistas entre setembro e março. No tronco surgem ramificações por todo ele que lembram cipós, e por estes brotam as flores e os frutos. Estes cipós podem crescer até uns 3 metros de comprimento. A flor tem seis pétalas vermelhas ou laranjas, e na parte interna formada por estas pétalas fica uma área branca semi-coberta por uma espécie de aba de coloração rosada ou amarelada. O perfume destas flores lembra o das rosas, sendo o óleo essencial utilizado na perfumaria. As abelhas encarregam-se da polinização.

Os frutos amadurecem entre dezembro e março. São grandes e arredondados, de cor marrom e casca dura. Chegam a pesar 3 kgs e a ter 20 cm de diâmetro. É por causa destes frutos que em inglês é conhecida como Cannon-ball-tree (Árvore-bola-de-canhão). A polpa lembra gelatina azulada e tem um cheiro desagradável. Os frutos são comestíveis, mas devido ao cheiro não são muito apreciáveis. Porcos do mato no entanto, não se importam muito com isto.

Estes frutos chegam a produzir 300 sementes, que os macacos comem, por esta razão a árvore tem o nome associado ao animal. A casca destes frutos é utilizada para a fabricação artesanal de utensílios domésticos. Estes grandes frutos levam quase um ano para ficarem maduros, e podem ser bem perigosos ao caírem.

Mais belas flores do Abricó

Mais belas flores do Abricó-de-Macaco

No habitat natural, como a árvore é típica de terrenos alagados, o fruto acaba por cair na água ou ao menos em terreno alagado. Mas quando cultivadas para o paisagismo, deve-se ter o devido cuidado de não plantá-las em local de circulação de pessoas e veículos, pelo tamanho do fruto e também pelo mal-cheiro. Ainda assim, devido ao espetáculo que promove durante a floração, é largamente utilizada no paisagismo.

A madeira não é muito resistente, mas pode ser utilizada na fabricação de brinquedos, embalagens e outros artefatos que não exigem uma grande durabilidade da madeira.

Para a reprodução destas árvores fora do habitat natural, usam-se as sementes de seus enormes frutos. Depois de devidamente secas as sementes, coloca-se em recipientes individuais ou em canteiros sem sol direto (devem ficar protegidas do sol direto como estariam no habitat natural), em uma mistura de terra, argila e composto orgânico. Depois de 8 a 15 dias as sementes começam a germinar. As mudinhas que surgem desta germinação podem ser replantadas quando atingirem cerca de 10 cm. O plantio definitivo no campo pode ser feito com cerca de 6 meses. Nos primeiros anos de vida, devido à madeira ser mole, precisa de tutoreamento. Clima quente e muita água são apreciados por esta árvore. Somente depois de 5 anos de vida é que começam a aparecer as flores maravilhosas que me hipnotizaram através do perfume.

______________________________________________________________________________________________

Fontes:

Ache tudo e região – Abricó-de-Macaco

Jardineiro.net – Abricó-de-Macaco

Lecythidaceae Pages – Couroupita guianensis Aubl. (em inglês)


About these ads

23 opiniões sobre “Abricó de Macaco

  1. Olá Sara! Bem, eu já vi um site na internet que vendia mudas e sementes de árvores, inclusive desta, no Brasil. Mas infelizmente não encontrei aqui nos favoritos para deixar a referência. Esperemos que ao ver este seu comentário, apareça alguém que nos possa dizer onde comprá-la aqui em Portugal.

  2. Oi! Vivo em Cuiabá e trouxe uma muda dessas do jardim botanico no Rio. Plantei essa muda no meu quintal em 2002, mas nunca nasceu frutos nem flores até hoje. O problema pode estar relacionado ao clima? Se for esse ou qualquer outro problema há solução?

  3. Na praça 15 no Rio de Janeiro tem vários pés, peguei umas sementes coloquei num copo de plástico encontrado na rua e trouxe a Porto Velho / Rondônia, plantei num canteiro nasceram vários pés, fiz a migração mas não prosperaram.
    Ainda tenho o desejo de adquiri-las , gostei muito.

  4. Aqui em Natal-RN, plantei uma muda que consegui em FortalezaCE e, já frutificou maravilhosamente e as pessoas não a conhece, no entanto através do google consegui todas as informações.

  5. Olá! Aqui em Lavras, MG, em uma pequena fazenda existe uma árvore imensa que produz belas flores e bolas enormes, ninguém sabia o nome desta árvore, eu digo, sabia, por que ao navegar pela internet, dei de cara com as fotos de teu blog, não tive duvidas de que a árvore em questão é o próprio abricó de macaco. Ontem fui até a fazenda e fotografei, infelizmente a florada já passou, mas a árvore frutificada é muito bonita. Peço licença para postar as fotos das flores em meu blog, com os devidos créditos, lógico. A partir de hoje sigo teu blog, abraços….

  6. me pueden enviar imagenes de los siguiente frutos que compre en argentina y tiene los siguientes nombres en las etiquetas:
    abacaxizinho natural
    copinho de macaco branqueado
    copinho de macaco natural
    uxido amazonas
    tridente branqueado
    tridente colorido
    Desde ya quedo muy agradecida

  7. Vi, essa planta, pela primeira vez em Rondonópolis MT, pelos idos de 1998 até 2001/2002 em uma Rua onde fica a escola Calil não sei o nome completo, hoje é uma faculdade e perto da escola moravam o governador do estado e tambem o prefeito da cidade. Haviam várias árvores com abundancia de flores e frutos,fiquei encantado, Naquela época eu passei a buscar minhas netas na escola todos os dias e não me cansava de olhar as arvores, passar mão nelas e encontar-me todas as vezes.Apaixonei-me de verdade e trouxe uma fruta para Uberaba (MG), semeei e fiz somente setenta mudas, pois não tinha o que fazer com o resto.Dei mudas para muitas pessoas que não tiveram sucesso. Tive informação que o amigo Flavio Hueb conseguiu uma arvore bastante grande, até então ainda não havia florido.Plantei na fazenda salvei várias mudas que depois morreram por falta de cuidados, Salvou uma que hoje mede uns doze metros de altura, ainda não floriu. Logo que conheci aquelas árvores busquei informação junto aos moradores da rua mas ninguem soube informar-me o nome ou dar qualquer informação. Depois quando eu já havia distribuido mudas, localizei matéria sobre ela o livro ” ARVORES BRASILEIRAS editado pelo “Institu Plantarum de Estudos da Flora Ltda.” de Nova Odesa (SP) Volume 1, 3ª Edição pagina 137 com metária técnica de alta qualidade. Nesse livro informam que as mudas podem ser adquiridas na BIOVERDE, rUA oLAVO bILAC, 322-CEP 13486-123- \limeira (sp) obs: Hoje, depois de tantos anos , não sei se ainda tem as mudas.
    para todos que procuram mudas espero ter cooperado.

  8. Moro na região de Assis e estou procurando feito louca uma muda ou a castanha do abricó! Por favor, onde encontro?

  9. eu consegui um fruto na empresa onde estou prestando serviços, que fica Taubaté tem muitas arvores quando vi foi amor a primeira vista, ja estou com umas 50 mudas e mais umas 30 que distribui, tenho um sitio em MG e vou leva-las assim que começar a época das chuvas, pelo que notei elas são muito resistentes.

  10. Olá admiradores da arvore abricó de macaco, no meu caso foi amor a 1ª vista, me apaixonei… mas morando em apartamento, impossível, até que neste ano, minha família teve a oportunidade de comprar um lote, e a árvore que eu quero plantar é esta, só não sei onde conseguir uma muda, moro em vila velha ES.
    Descobri hoje o nome desta árvore, no horto de Maruípe. Quem tiver informações me avisem

  11. Olha amigos ! Eu gostaria de adquirir uma muda. Eu a conheci na ultima semana numa viagem ao Rio e fiquei deveras deslumbrada diante de Deus, vejo o Mestre em cada flor e nessa ele se fez presente e mais feliz. Vou entrar em contato com Hortos e ver se descubro mudas e retorno aqui. Beijos

  12. Prezados, aqui enfrente ao predio onde trabalho tem uma abricó de macaco em flor…belíssima. Fica em Botafogo RJ – na Rua Voluntários da Pátria altura do nº 360. Aproveitem a oportunidade. Abrax

  13. Ontem eu passei com meu amigo em uma estrada que vai para uma cidade que se chama Santa Luzia, e eu vi esta fruta e trouxe algumas frutas e plantei as sementes, ela é uma árvore muito linda, eu moro em Belo Horizonte – MG, Santa Luzia é uma cidade próxima de BH.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s